Tá, e Daí?! - A Vida Por Mim

Desde criança eu queria escrever um livro, porém nunca sabia exatamente sobre o quê. Eu era cheia de ideias demais, mas na hora de colocá-las no papel sentia que todas fugiam de mim. Felizmente, a vida leva um curso maravilhoso e Deus é o melhor roteirista que poderíamos ter.

 

Fui acumulando tantas histórias maravilhosas nessa vida que comecei a registrá-las no vlog (e futuramente blog) Tá, e Daí?! que deram nome ao livro que escrevi com muito amor e carinho para todos que me acompanharam nesta jornada.

 

Em Tá, e Daí?! - A Vida por Mim conto a minha história e deixo espaços para que o leitor conte a sua. É uma conversa gostosa sobre assuntos cotidianos do meu nascimento até meus 25 anos. Foram algumas superações aqui e ali, muitas alegrias e tristezas, aventuras passando pela época de escola, relacionamentos, depressão, problemas com autoestima,  autodescobrimento e empoderamento, criação de conteúdo pra a internet e emagrecimento também.

 

Decidi adicionar "A Vida por Mim" como subtítulo por dois motivos:

1- O livro foi realmente escrito por mim e conta a minha vida através dos meus olhos

 

2- Minha vida só passou a fazer sentido de fato quando passei a vivê-la por mim e não pelo que os outros esperam que eu viva

Ao longo do processo ouvi diversas vezes a pergunta "mas você é tão comum, tem nada de especial, por que escrever um livro?" e a resposta é simples: escrevi justamente por ser comum e ter nada de especial.

Eu sabia que muitas pessoas poderiam se identificar com a história, pois viveram situações parecidas e eu gostaria muito de, quem sabe, acender uma luzinha de esperança em seus corações através das minhas palavras.

É claro que 4 anos depois do lançamento eu já me considero uma pessoa totalmente diferente do que era quando o escrevi, amadureci muito e gostaria de reescrever e aprimorar algumas passagens, mas guardo este livro com muito carinho, pois marca a realização de um grande sonho meu. 

Escrever é a minha grande válvula de escape.

 

Pode me aguardar que há muitos livros para publicar ainda.

ANA