Mãe

Eu sei que ela sofre por mim Eu sei que ela sofre por ela Eu sofro porque a dor que dói em mim Eu não dividiria, não me machucaria Nem respiraria, se eu pudesse faria

Pra que só doesse em mim Pra ela poder pensar nela Mas eu sei que viver não é assim E eu tenho que aprender a viver por mim Cair, levantar, me descobrir em mim Engatinhar ou correr, andar por mim

Mas eu sei que ela vive por mim E eu sei que eu vivo por causa dela É assim que eu me despedaço Porque eu sei o que eu faço Cada passo em falso Cada erro tão crasso Cada tombo e percalço

E a dura sensação de fracasso em mim Que se vai no laço do abraço dela E me devolve a fé Me coloca em pé Não deixa eu cair um minuto sequer

O que ela não sabe é que habita em mim O medo de não ser à altura dela E se eu sonho tão alto assim No fim é tudo por ela